.


.

  24 Horas
  Papo de Mídia
  Rádio PB

.

.

OFERECIMENTO

.

ATENÇÃO: página melhor visualizada em 1024 x 768 - Seja bem vindo ao PAPO DE BOLA - O SITE!

.

24 HORAS
Futebol, esportes, sintonias e belas

.

Quinta, 16 de novembro de 2017 - ANO 15, EDIÇÃO 62
O Corinthians pintou o sete!



Mas para tanto, foi necessária aquela dose extra de emoção que a Fiel conhece muito bem e que até gosta pois deixa melhores seus feitos. O Fluminense saiu na frente logo no primeiro minuto, resultado para ele muitíssimo necessário para ficar tranquilo de vez quanto ao risco do rebaixamento. Mas a cobrança no intervalo deve ter sido porreta, pois o time do Fábio Carille parou de ser "marcha-rancho" igual ao primeiro tempo e voltou que nem o mais furioso dos rocks pauleira, com Jô saindo do sério com dois gols em dois minutos para a virada. Virada, aliás, que o Coringão ainda não havia obtido neste Brasileirão - tinha virado sobre o Atlético Paranaense e depois ele chegou ao empate. A confirmação do vira-vira e do caneco chegou no disparo no cantinho do Jadson. Aí, teve festerê, foguetório, fumaça e tudo mais que você quiser até o último trilar de apitante decretar o carnaval na Zona Leste de Sampa City - não sem antes mais um momento especialíssimo: nos minutos finais, Jô deu lugar ao grande Danilo, 38 anos, que não jogava havia 1 ano e 3 meses e que pôde celebrar no campo este título.

Líder desde a 5ª rodada, o Corinthians fez o primeiro turno mais extraordinário da história dos pontos corridos e, como Renato profetizou, acabou "despencando" no segundo - mas nem isso foi suficiente para impedir o título antecipado pois, além de ser impossível manter em 38 rodadas aquele nível altissíssimo das 19 primeiras, ninguém tirou proveito disso. Grêmio não, Palmeiras não, Santos não. Ninguém. O campeão é merecido pois foi o melhor time, está plenamente de parabéns e todo alvinegro de Parque São Jorge tem que celebrar demais. Faço apenas um senão não referente ao Timão e sim à CBF:  se tem um time podendo ser campeão numa rodada ao invés de dois ou mais, leva a taça. Se tiver campeão, entrega ela. Senão, guarda para a próxima. Era hoje que deveria ter rolado a entrega do troféu. Claro que há questões variadas usadas como justificativa para assim não ser, mas que é sempre chato quando um time campeão não pode levantar a taça no jogo do título, é - e não é a primeira vez nos pontos corridos que isso acontece. Esperar até dia 26, contra o Atlético Mineiro? Não precisava.

O Corinthians já tinha o treinador campeão brasileiro mais velho nos pontos corridos (Antônio Lopes, 64 anos em 2005) e tem agora no Carille o mais novo: 44 anos, superando em quase 7 anos o Tite de 2011. No geral da competição - e aí juntando também Taça Brasil e Robertão -, o recorde aparentemente insuperável de jovialidade segue sendo do Paulo César Carpegiani com 33 anos no 1982 do bicampeonato do Flamengo. Fábio é apenas o sétimo treinador do Timão a vencer dois torneios de renome no mesmo ano (Paulista e Brasileiro), juntando-se a Oswaldo Brandão em 1954 (RJ/SP e Paulista concluído no ano seguinte), Eduardo Amorim em 1995 (Paulista e Copa do Brasil), Oswaldo de Oliveira em 1999 (Paulista e Brasileiro), Carlos Alberto Parreira em 2002 (RJ/SP e Copa do Brasil), Mano Menezes em 2009 (Paulista e Copa do Brasil) e Tite em 2012 (Libertadores e Mundial) e 2013 (Paulista e Recopa Sul-Americana). É uma seletíssima galeria na qual Fábio deve se orgulhar de estar.

Com a primeira virada neste Brasileirão, o Corinthians consolida uma marca excepcional: 25% de conquistas desde 1990 (são 7 títulos nas últimas 28 edições). No século 21, ele tem 15 títulos e é o segundo brasileiro com mais glórias, atrás apenas do Internacional com 19. Além disso, mais uma vez a Série A teve seu campeão definido sem ser na última rodada. O Corinthians de 2017 confirmou o topo a 3 rodadas do fim a exemplo dele mesmo em 2015, mais tarde que o Fluminense de 2012 a 4 rodadas do término e o São Paulo de 2007 e o Cruzeiro de 2013, os campeões mais antecipados com 5 rodadas antes do epílogo, mas mais cedo que o São Paulo de 2006 e o Cruzeiro de 2003 e 2014 na antepenúltima rodada, o Palmeiras de 2016 na penúltima e o Santos de 2004, o Corinthians de 2005 e 2011, o São Paulo de 2008, o Flamengo de 2009 e o Fluminense de 2010 na última.

Parabéns, corintianos! O bando de loucos pintou o sete e espera ganhar muito mais no ano que vem.

Outros destaques do Brasileirão

No último jogo em casa antes de começar a decidir a Libertadores na próxima quarta, o Grêmio bateu o São Paulo pelo escore mínimo e isso deixou os são-paulinos quase livres do descenso ao terem 6 pontos acima do 17º lugar, ao passo que os gremistas do "Kãonemann de Guarda" e do mais uma vez salvador Marcelo Grohe guardam seus titulares para pegar o Lanús semana que vem, tanto que domingo o reservaço que visitará o Santos será tão, mas tão reservaço que nem mesmo Renato Portaluppi irá para a Baixada Santista. Já o São Paulo até terá Cueva de volta da seleção peruana, mas Hernanes está suspenso para pegar o Botafogo no domingo.

A distância do São Paulo pra zona do rebaixamento está em 6 pontos devido à vitória da Ponte Preta sobre o Atlético Paranaense com direito a Aranha impedindo o empate no último lance. São 39 pontos para a Macaca, que só deixará hoje os quatro últimos se o Vitória perder fora de casa por 5 ou mais gols de diferença. Terá de buscar isso na próxima segunda contra o Fluminense, portanto. Já o Furacão tá na mesma dos são-paulinos.

Quem está a 3 pontos e 2 êxitos do Vitória é o Avaí, que ainda buscou o empate fora de casa contra o Cruzeiro, que tinha chegado à virada marcada pela emoção no gol do Judivan, de volta ao futebol após 2 anos e meio se recuperando de sucessivos problemas em um dos joelhos - porém, gol surgido de um dos pênaltis mais inventados da temporada. Se aquilo foi penalidade máxima do Douglas, então ganho 20 mil mangos por mês e sou casado com a Maíra Lemos (o que, evidentemente, não é verdade... infelizmente, rs).

Enquanto isso, Victor até deixou Ríos superá-lo, mas fez história no Atlético Mineiro ao completar 193 atuações em Brasileirões e ser o jogador a mais vezes defendê-lo na competição, um jogo acima de Marques e do atual companheiro de equipe Leonardo Silva. Não foi uma noite histórica vitoriosa, mas também não foi derrotada pois o Vasco não deteve Fred, que sempre é um perigo para os adversários quando pinta uma bola boa na área. O Galo está a 3 pontos do 7º colocado Flamengo, que não perderá a posição mesmo estando igual em pontos e vitórias ao Vasco devido ao saldo de gols. Os cruzmaltinos só entrariam hoje mesmo no G7 caso os rubro-negros perdessem por... 17 (sim: de-zes-se-te) gols de diferença. Aí nem tem graça fazer piadinha.

A quinta-feira concluirá a 35ª rodada com Palmeiras x Sport, Botafogo x Atlético Goianiense e Chapecoense x Vitória às 20h, além de Bahia x Santos e Coritiba x Flamengo às 21h. O jogo do Couto Pereira tem como fator curioso acontecer no dia seguinte aos 85 anos do estádio do Coxa, o Couto Pereira, do qual o maior público é a "derrota vitoriosa" justamente do Mengão para o Atlético Paranaense na semifinal de 1983.

O Peru é muito grande!

Tá, as gracinhas ficaram aí. Fato é que Ricardo Gareca, Farfán, Ramos e cia. devolveram a alegria aos peruanos de estarem na Copa do Mundo pela vez primeira após 36 anos com a vitória sobre a Nova Zelândia. Gareca já estava na história do Peru negativamente como autor do gol que classificou a Argentina diante dele para o Mundial de 1986. Agora, entra para a história positivamente ao recolocá-lo no álbum mundialista de figurinhas, parafraseando o repórter que o entrevistou emocionado logo após a partida. Fica agora a expectativa se Guerrero estará ou não na Rússia, tem a questão do doping a ser resolvida. A defesa já está sendo preparada.

Assim sendo, temos fechados os 32 países mundialistas de 2018: os sul-americanos Argentina, Brasil, Colômbia, Peru e Uruguai; os norte-americanos Costa Rica, México e Panamá; os europeus Alemanha, Bélgica, Croácia, Dinamarca, Espanha, França, Inglaterra, Islândia, Polônia, Portugal, Rússia, Sérvia, Suécia e Suíça; os africanos Egito, Marrocos, Nigéria, Senegal e Tunísia; e os asiáticos Arábia Saudita, Austrália ("asiática" futebolisticamente falando), Coreia do Sul, Irã e Japão. Sorteio dos grupos dia 1º de dezembro, no Kremlin.

Curtinhas

*Concedida pela Justiça do Rio uma liminar que invalida a urna 7 da eleição do Vasco e torna Júlio Brant seu novo mandatário. Porém, liminar sempre permite recurso. Claro que Eurico Miranda não deixará barato.

*Confusão no intervalo de Corinthians x Palmeiras, vinda à tona após vídeos, resultou em suspensão por um jogo tanto para o alvinegro Clayson quanto para o alviverde Felipe Melo - logo, punição a ser cumprida por eles respectivamente no domingo contra o Flamengo e na próxima segunda diante do Avaí.

*Caído pra Série C, Santa Cruz demitiu o técnico Marcelo Martelotte após 1 vitória, 8 empates e 5 derrotas.

*Ainda tentando a Série A, Oeste não terá o goleiro Rodolfo nesta reta final de Bêzona, suspenso que foi pelo STJD em 5 partidas pela acusação de ofensa racial contra Messias, do América Mineiro.

*Recepção de rei da torcida do Guangzhou ao tricampeão nacional Luiz Felipe Scolari no seu adeus à China.

*Gian Piero Ventura não é mais o técnico da Itália. Merecida queda. Mas o vexame histórico necessita de mais saídas, inclusive diretivas. Não pode ficar apenas nisso, é preciso uma "revolução".

*Aposentado da Fórmula 1, Felipe Massa agora integrará o Conselho Mundial da FIA ao representar o Brasil.

*Terei um conterrâneo de aldeia pampeana para torcer na Fórmula Indy em 2018. Matheus Leist, de apenas 19 anos, assinou com a equipe A. J. Foyt e formará dupla com Tony Kanaan, vencedor das 500 Milhas de Indianápolis em 2013. Matheus corre desde os 8 anos e ganhou muita visibilidade nos dois últimos anos tanto ao conquistar a Fórmula 3 Inglesa em 2016 e vencer três etapas na Indy Lights deste ano. Que legal, tudo de bom pra ele!

Sintonia PB

Começa o tópico desta "24 Horas" que está antenado no que ocorre fora dos esportes. Às novidades:

*Vai ao ar amanhã o último "Programa da Regina" após dois anos. Mas Regina Lima continuará na Band/RS às 13h15, de segunda a sexta. Próxima segunda, a atual atração dará lugar ao "Band Mulher", que terá Cris Barth, ex-"Studio Pampa", com um quadro de fofocas dos famosos. Nesta semana, o "Programa da Regina" tem passado somente com edições gravadas. Deduzo que seja para tirarem o cenário dele e ajustarem o da nova atração.

*Recentemente demitido pela Rede Massa (SBT) após 6 anos, Paulo Roberto Costa tem nova emissora. O ex-apresentador da "Tribuna da Massa" assinou hoje com a Band Curitiba e estreará em 1º de dezembro. É um regresso do "Galo" ao canal, no qual já apresentou o "PR Acontece" e o "Boa Tarde Paraná".

*Leio no Comunique-se que os trabalhadores da Empresa Brasil de Comunicação estão em greve desde a madrugada de anteontem devido ao congelamento dos salários, que podem não ter nenhum reajuste, e à retirada de direitos previstos em acordo coletivo. A greve atinge Rio, São Paulo, Brasília e Maranhão. Eita!!!

*Registrei dias atrás que a Record teve Salcy Lima e Patrícia Costa apresentando juntas um "Fala Brasil" de sábado, o que havia chamado a atenção pois Flávio Ricco havia noticiado duas vezes sobre desavenças entre elas. Aparentemente isso foi resolvido felizmente, já que o próprio "guru" noticiou hoje que as duas são as mais cotadas para apresentar a retrospectiva dos famosos a ser exibida no final de dezembro.

*Quase rolou compra de picolé ao vivo em pleno "RJTV" nesta quarta-feira. Mas o vendedor que quis oferecer seu produto à Susana Naspolini não teve sucesso, pois a repórter da Globo não topou um picolé enquanto estava ao vivo em Ipanema com informações sobre uma baleia encalhada nesta praia. Êlaiá, eh, eh...

*Por falar no "RJTV": assim como de 2015 para 2016, mais uma virada de ano com Mariana Gross para quem está no horário de verão. A apresentadora carioca do meio-dia apresentará a mudança de 2017 para 2018 até a 0h20. Ela aproveitou a postagem no Facebook e já deixou claro que, depois de trampar, quer curtir a virada com amigos, caso alguém pense em algo para a madrugada. E assegura: ela e seu marido animam qualquer pista de dança. Na virada deste 2016 para 2017, quem esteve no ar para a rede foi Renata Capucci.

*Leio no Ancelmo Gois que João Gilberto, mito maior da bossa nova, está com a saúde fragilizada a ponto de ter sido interditado pela filha Bebel Gilberto, que conseguiu isso na Justiça sob a justificativa de "pôr fim aos negócios temerários" que o pai "vinha sendo orientado a firmar" e que "resultaram na atual condição de quase miserabilidade do artista". Não dá para achar positivo isso. João não merecia chegar assim aos 86 anos.

E fique antenado! "Sintonia PB" continua de olho no que ocorre fora dos esportes e retorna na próxima coluna.

Momento Raridade Rara: Carla Perez

A primeira loira do Tchan completa 40 anos nesta quinta-feira. Depois do grupo de axé, foi apresentadora de programas do SBT de 1998 a 2001, fez o "Band Folia" de 2003 a 2008 e ainda apresentou programas infantis na TV Aratu (SBT Bahia) de 2012 a 2017. Resgato de 1995 o momento maior dela: o "Melô do Tchan", ainda na época do Gera Samba, em playback no "Domingo Legal" do SBT. Mas antes disso, algo ainda mais sensacional neste mesmo vídeo: Carla participando da famosa e popular "Banheira do Gugu". Só faltou o "oê-oê-oê".

Bela do Dia: Amanda Dantas

Amanda Dantas, repórter da TV Asa Branca (Globo Caruaru). Só dá ela nas notícias da região em rede nacional.

Momento Raridade Rara: "Viva a Noite"

Um dos mais clássicos programas do SBT estreava há 35 anos completados hoje, inicialmente em uma terça-feira, mas consagrando-se nos sábados. Gugu Liberato o apresentou desde a estreia, só que não sozinho, pois de início eram três apresentadores em quadros diversos, os outros sendo Ademar Dutra e Jair de Ogum. Apenas em março de 1983 que Augusto ficou sozinho. Resgato cinco momentos inesquecíveis desta atração transmitida até a primeira semana de 1992 e mais tarde re-editada em 2007, nem de longe com o mesmo sucesso: de 1982, a primeira abertura do programa; de 1987, o quadro "Sonho Maluco" com Agnaldo Timóteo saindo ferido em uma peripécia automotiva com direito à narração escandalosa da atriz Olga Renha; de 1987, Rita Cadillac surgindo como recheio de bolo no estúdio (e vocês achando que o sushi erótico tinha sido pioneiro do gênero "corpo gastronômico", eh, eh, eh); de 1988, a famosa entrevista de Gugu com os atores de "Chapolin" e "Chaves" devidamente dublados - e depois uma de 1991 só com Roberto Gomez Bolaños e aí legendada; e de 1988, um encerramento ao som do "Baile dos Passarinhos", outro elemento inesquecível da atração, que acabaria por assim dizer "continuada" quando surgido o campeão de audiência "Domingo Legal".

Clipe do Dia

Tem mais "Viva a Noite", agora com três números musicais nele assistidos - todos em playback: de 1984, "Não Se Reprima" com Menudo; de 1985, "Whisky a Go Go" com Roupa Nova; e de 1986, "Exagerado" com Cazuza. Nos dois últimos números, perceba que o microfone tem a canopla da TVS/SBT. Isso também marcou época.

Arremate

Acabou aquilo de classificação do "melhor perdedor". Copa SP de 2018 terá 128 participantes em 32 grupos.

"24 Horas" volta antes que saibamos quais serão os 64 classificados para a segunda fase!

O COLUNISTA: Edu Cesar é criador e editor do Papo de Bola (autor também da coluna "Papo de Mídia").

TWITTER: @papodebola
FACEBOOK: SitePapoDeBola
INSTAGRAM: EduPapoDeBola
E-MAIL: papodebola@gmail.com


LEIA
COLUNAS ANTERIORES
VEJA
"BELAS DO DIA" ANTERIORES

.


 
Seja mais um seguidor do Papo de Bola e leia as manchetes do site e comentários diversos.

PAPO DE BOLA - O SITE Desde 2/6/2003 Jogue junto com este time!
Criação, produção e edição Edu Cesar E-mail papodebola@gmail.com

.