.


.

  24 Horas
  Papo de Mídia
  Rádio PB

.

.

OFERECIMENTO

.

ATENÇÃO: página melhor visualizada em 1024 x 768 - Seja bem vindo ao PAPO DE BOLA - O SITE!

.

24 HORAS
Futebol, esportes, sintonias e belas

.

Segunda, 6 de novembro de 2017 - ANO 15, EDIÇÃO 57
Não, não temos um campeonato

Digo isso pois segunda-feira passada abri a coluna com o título: "temos um campeonato". Mas não, não temos. O Corinthians é efetivamente o campeão brasileiro de 2017 depois de ganhar do Palmeiras um dérbi extremamente intenso, tão intenso que rendeu bafafá até na saída para o intervalo graças ao Felipe Melo, que acabou nem jogando no fim das contas. Dos 27 aos 38 minutos do primeiro tempo, uma sequência alucinante: os corinthianos abriram dois gols de vantagem (o primeiro deles feito pelo Romero - que não balançava as redes desde a 6ª rodada, diante do São Paulo - e em impedimento claro, dentro da série "a banca paga e a banca recebe" em referência a erros anteriores contra eles), os palmeirenses diminuíram e uma penalidade máxima que dividiu bastante as opiniões resultou no terceiro tento (tem horas que acho que foi pênalti, tem horas que acho que não foi... mas claro que essa discussão exclui os corinthianos, que juram que a falta existiu, e os palmeirenses, que juram que a falta não existiu). A segunda etapa foi menor em relação às emoções comparada à primeira, mas o Verdão chegou a diminuir mais ainda. Pouco adiantou pois deu Timão e a vantagem para o arqui-rival agora é de 8 pontos, mesmo sem ter sido brilhante como fora em outros momentos. Apesar do erro claro no primeiro gol e do discutido erro no terceiro, mesmo assim acho que o Palmeiras poderia ter tido mais gana, mais qualidade, enfim. Poderia ter ido além do que fez, apesar dos pesares. Apoiado por 32 mil adeptos no treino de sábado e 46 mil ontem (novo recorde da Arena na Zona Leste de Sampa City), o Corinthians não foi brilhante, como falei, mas encarou o clássico como decisão e isso também ajudou. E volta a ficar com a mão na taça do campeonato.

O Santos chegou a botar um pouco de pressão na disputa ao bater na véspera o Atlético Mineiro em clássico alvinegro com 4 gols de cabeça, mas o problema dele é - sem querer ser repetitivo e já sendo - ter empatado em demasia nas rodadas anteriores. Ainda dos paulistas, o São Paulo se deu bem ao ganhar do Atlético Goianiense pelo escore mínimo com Hernanes mais uma vez decisivo (o que seria dos tricolores sem ele?) em um Serra Dourada com "cara de Morumbi" e onde tudo deu tão certo pros são-paulinos que até acabou a energia elétrica no estádio, mas segundos após o último trilar de apitante. Já a Ponte Preta tomou ferro por dobro a nada para rumar mais um pouco à segunda divisão. Melhor para o Bahia, que está na mesma "vibe" do São Paulo de dar um chute nos fundilhos da zona do rebaixamento e, numa dessas, numa dessas, beliscar até mesmo uma Libertadores - ainda mais se o G7 virar G9 com títulos de Grêmio na Libertadores e Flamengo na Sul-Americana.

Flamengo, que saiu na frente na segunda etapa e viu Everton derrubá-lo impiedosamente em apenas 4 minutos ao entrar no jogo, empatar e virar, mais adiante Luan confirmando o sucesso do Grêmio, que não perde este duelo aqui em Porto Alegre desde 2004 no geral e 1994 em Brasileirões. Pensando lá na decisão da Libertadores, Everton mandou um recado claro para Renato Portaluppi: quer uma vaga no onze inicial contra o Lanús. E a torcida está com ele. Já o rubro-negro sentiu falta de um maior poderio ofensivo com a ausência do Guerrero, suspenso por doping pela FIFA. Ainda dos cariocas, o Vasco saiu cedo na frente, mas o Vitória assumiu as rédeas da partida e martelou bastante para empatar nos acréscimos na primeira realização entre eles no Maracanã desde 1981. Teve também o clássico no sábado e deu Fluminense de virada sobre o Botafogo. O ponto negativo no Nilton Santos foi o baixíssimo público, ainda mais para um jogo do tamanho do "Vovô": só menos de 12 mil presentes.

O Avaí deve ficar com traumas do futebol paranaense depois deste Brasileirão. Já tinha sofrido 4 do Coxa em casa, levou 5 do Atlético em Curitiba e anteontem tomou mais 4 do Coritiba - um dos gols feito de pênalti pelo Wilson, goleiro que já foi ídolo do arqui-rival Figueirense e que chegou às 5 proezas na carreira, a segunda pelo alviverde. Aliás, destaque-se: apesar do horrível horário de 21h dos sábados (possivelmente a última partida desta Série A neste horário), a plateia total passou dos 20 mil viventes no Couto Pereira. Enquanto isso, o Atlético Paranaense perdeu espaço ao perder fora de casa para o Cruzeiro em um Mineirão esvaziado com 10 mil pessoas. E quem quase ia perdendo mais uma vez a vergonha na cara era o Sport, que só não foi derrotado pela Chapecoense pois empatou aos 50 do segundo com penalidade máxima. Escapou por um triz de entrar nos quatro últimos.

Passadas 32 de 38 rodadas, estamos assim: em 1º, Corinthians com 62 pontos; em 2º, Santos com 56; em 3º, Grêmio e Palmeiras com 54; em 5º, Cruzeiro com 51; em 6º, Botafogo com 48; em 7º, Flamengo com 47; em 8º, Vasco com 45; em 9º, São Paulo; em 10º, Bahia, Atlético Paranaense, Atlético Mineiro e Fluminense com 42; em 14º, Chapecoense com 40; em 15º, Coritiba com 38; em 16º, Sport com 36; em 17º, Vitória, Ponte Preta e Avaí com 35; e em 20º, Atlético Goianiense com 27. Ponderações: se o Vasco derrotasse o Vitória e o Sport tivesse perdido para a Chapecoense, os vascaínos estariam na 7ª posição por uma vitória a mais que o Flamengo e os rubro-negros pernambucanos estariam nos quatro últimos pela diferença no saldo de gols.

A próxima rodada é já neste meio de semana. Sete jogos na quarta-feira: às 19h30, Avaí x Bahia e Ponte Preta x Grêmio; às 21h, Atlético Paranaense x Corinthians e Sport x Botafogo; e às 21h45, Santos x Vasco, Vitória x Palmeiras e Flamengo x Cruzeiro (reencontro após a final da Copa do Brasil). Outros três na quinta: às 20h, São Paulo x Chapecoense e Atlético Mineiro x Atlético Goianiense; e às 21h, Fluminense x Coritiba.

Começa hoje a 34ª rodada da Série B

Toda ela na verdade é nesta terça-feira, mas um jogo foi antecipado para hoje: Luverdense x Internacional, onde a vitória é mais fundamental para os mato-grossenses do que para os colorados pois um empate não seria ruim pro Colorado, ao passo que o empate só seria bom pro Verdão do Norte se no mínimo um dos outros da "turma dos 39" perdesse (Brasil de Pelotas, Guarani ou CRB). Não será fácil a vida do Inter em Lucas do Rio Verde, onde já houve outro grande clube derrubado pela equipe da casa: o Corinthians na Copa do Brasil de 2013. Em tempo: os jogos de sábado destaquei na coluna de domingo, caso alguém tenha perdido.

Curtinhas

*Deu ruim pra Portuguesa na semifinal da Copa Paulista. Tomou 2 x 0 da Ferroviária em casa e precisa ganhar por três ou mais de diferença em Araraquara para seguir sonhando com a Série D. Vida braba a da Lusa.

*Fortaleza praticamente fora da Copa do Brasil de 2018 pois perdeu a Fares Lopes (taça de segundo semestre do futebol cearense) para o Floresta, que jogará o torneio após empatar a finalíssima por 1 x 1.

*Começa hoje o julgamento de José Maria Marin na Justiça de Nova York. Acusado de receber propinas para dar contratos na CBF referentes a torneios variados, está em prisão domiciliar desde maio de 2016.

*Você acha que está na pior? Pense que poderia ser pior. Pense que você poderia ser o River Plate, que primeiro caiu fora da Libertadores depois de ter 3 x 0 de vantagem no placar total e que ontem foi superado em casa pelo arqui-rival Boca Juniors (100% em 8 rodadas no "Tangueirão") em pleno Monumental de Nuñez.

*Kaká se despediu do Orlando City no sábado à noite em amistoso vencido por 6 x 1 sobre um combinado de Porto Rico, país para o qual a renda será destinada em prol dos afetados pelos recentes furacões.

*Com a eliminação do seu New York City nos tiros livres da marca penal para o Columbus Crew no "Trumpão" (cujo "apelido" é MLS), Pirlo encerrou sua carreira brilhante aos 38 anos. Campeão mundial pela Itália em 2006, faturou duas Ligas dos Campeões pelo Milan e jogou uma bola federal. Fará bastante falta.

*Três da Espanha: Marcelo completou 300 jogos pelo Real Madrid nos 3 x 0 sobre o Las Palmas, só Sergio Ramos tem mais jogos que ele pelos merengues (375); Messi chegou aos 600 jogos pelo Barcelona e passou batido na vitória sobre o Sevilla, assegurada com dobra do Alcácer; e o Valencia marcou 3 x 0 no Leganés para conquistar, pela primeira vez em sua história, 7 vitórias consecutivas em Campeonatos Espanhóis.

*Pela 3ª vez, o Benfica tem um jogador seu marcando ao menos um gol por 9 partidas consecutivas em um Campeonato Português. Depois de Julinho e Eusébio, a honraria coube ao "Mestre" Jonas (by Marco Antônio Pereira), que guardou uma vez nos 3 x 1 sobre o Vitória de Guimarães.

*Robben fez um gol nos 3 x 1 sobre o Borussia Dortmund e é o maior artilheiro estrangeiro do Bayern de Munique em Campeonatos Alemães, com 93 proezas em 8 edições, das quais 6 conquistadas.

*Tem horas que provocar é querer se incomodar. Fekir que o diga. Ao comemorar o último gol dos 5 x 0 do seu Lyon, resolveu irritar a torcida do Saint-Étienne ao tirar sua camisa e mostrá-la para eles. Adivinha o que houve? O povo se enfureceu, invadiu o campo para agredi-lo e só não rolou pancadaria pois a polícia entrou em ação e os jogadores do Lyon foram pros vestiários. A peleja foi retomada depois de 28 minutos.

*Depois de 25 anos, o Wydad Casablanca voltou a ser campeão africano ao passar pelo Al Ahly por 1 x 0. A equipe do Marrocos jogará o Mundial de Clubes contra o Pachuca, daí saindo o adversário do campeão da Libertadores (seja Grêmio, o que espero, ou Lanús, o que não espero) nas semifinais.

*Um dos principais brasileiros no MMA, Demian Maia completa 40 anos hoje. Ele tem 25 vitórias e 7 derrotas.

*Foi por 72 x 71 a vitória do atual campeão Bauru sobre o atual vice Paulistano na abertura do NBB 2017/2018.

*Abertas as semifinais da Liga Futsal (Sulista) com Foz Cataratas 2 x 1 Joinville e Marreco 2 x 2 Assoeva.

*Tênis: Marcelo Melo chegou às 50 finais de torneios ATP na carreira, a 9ª só neste 2017, e faturou as duplas no Masters de Paris. Ele e o polonês Lukasz Kubot bateram Ivan Dodig e Marcel Granollers por 2 x 1 (7/6, 3/6 e 10/6). Foi o terceiro título de Marcelo e Kubot só neste ano. Esse brasileiro é muito fera.

*Segunda-feira dos 30 anos de Ana Ivanovic, uma das paixonites das quadras e nº 1 do mundo em 2008, ano do título em Roland Garros e do vice da Austrália, seus melhores resultados em Grand Slam.

*Maratona de Nova York histórica: Shalane Flanagan é a primeira corredora dos Estados Unidos a vencê-la depois de 40 anos, tendo marcado 2h26min53s. Neles, deu o queniano Geoffrey Kamworor por 2h10m53s.

*Esta é a semana do GP do Brasil. Fórmula 1 já decidida, Lewis Hamilton e Mercedes campeões, mas o evento sempre mobiliza São Paulo e nunca deve ser desconsiderado. Como não deve ser desconsiderada a observação do projetista Adrian Newey, hoje na Red Bull e que afirma em sua autobiografia "Como Construir um Carro" que se sentirá para sempre não culpado e sim responsável pela morte de Ayrton Senna em San Marino - era Adrian o responsável (ao lado de Patrick Head) da Williams FW16 guiada pelo tricampeão em 1994. Newey disse que falhou na aerodinâmica do carro e que não há como esquecer que o eixo era mal desenhado.

Sintonia PB

Começa o tópico desta "24 Horas" que está antenado no que ocorre fora dos esportes. Às novidades:

*Há 30 anos hoje completados, era lançada em Aracaju a já extinta TV Jornal, inicialmente afiliada da Manchete e que mudou em 1993 para a Bandeirantes, com ela ficando até ser vendida para a Canção Nova em 1997.

*Para responder à campanha "100 milhões de uns" lançada recentemente pela Globo, a Record colocou um anúncio na revista Meio & Mensagem com estes dizeres: "nada contra os 100 milhões de uns, mas se a sua marca precisa falar com mais 50 milhões de outros, fale com a gente". Passada de recibo? (rs)

*Sei pelo astro global Paulo Pacheco ("astro global" sim, só dá ele e a namorada Jaiane Valentim na tela do Plim-Plim nos jogos do Corinthians transmitidos direto de Itaquera) que Leniza Krauss, repórter que pediu demissão da Rede Record no fim de setembro, deixou a televisão e está chefiando uma agência de comunicação em sociedade com Paulo Carvalho, antigo editor-chefe do "Cidade Alerta". Diz ela que tem trabalhado mais que na época da TV, mas que tem tido um prazer maior no que faz, com um ambiente leve e diferente.

*Repórter da TV Integração de Uberaba desde julho, Basílio Magno cometeu um engano no "Bom Dia Brasil" de hoje ao saudar os telespectadores do "Fala Brasil" - mas corrigiu logo em seguida pro nome do noticiário da Globo. O paulista Basílio chegou à afiliada mineira egresso da TV Gazeta, afiliada da Record no Acre, estado no qual também trabalhou na global TV Acre. Em Sampa City, foi das rádios Record e Capital.

Bela do Dia: Ju Moraes

Ju Moraes, cantora revelada na primeira edição do "The Voice Brasil" e que está mostrando quantos gols o Bahia marcou para derrotar a Ponte Preta. É isso mesmo, estás bem certinha.

*O "Vídeo Show" reestreia hoje o quadro "Vídeo Game", apresentado pela Angélica. A desculpa é de uma "temporada especial", mas claro está que é teste para ver se a audiência sobe. Se sim, fica; se não, sai.

*O programa mais longevo da história da televisão completa 70 anos nesta segunda-feira: é o "Meet The Press", da NBC, que recebe personalidades e líderes de estado para concederem entrevistas sobre atualidades. Não lembro em qual canal, mas este programa chegou a passar na nossa TV paga há alguns anos.

*Três datas em 0 ou 5 do cinema americano envolvendo beldades: 60 anos de Lori Singer, de "O Homem do Sapato Vermelho" e "Footloose - Ritmo Louco"; 45 anos de Rebecca Romijn, a Cel. Baird da série "Os Bibliotecários" e a Mística dos filmes da saga "X-Men", além da mais que justificada "Femme Fatale" do filme assim intitulado; e 45 anos de Thandie Newton, a Maeve da série "Westworld" e co-estrela de "Missão Impossível 2".

E fique antenado! "Sintonia PB" continua de olho no que ocorre fora dos esportes e retorna na próxima coluna.

Clipe do Dia

Completa 15 anos nesta segunda a estreia de "A Pequena Travessa", novela do SBT estrelada por Bianca Rinaldi. O melhor tema da trilha sonora está aqui: "Charme do Mundo", com Marina Lima, que foi tema da personagem de Ana Cecília Costa - além de já ter sido trilha da novela global "Sétimo Sentido" em 1982.

Arremate

Jô admitiu que chutou Rodrigo em Ponte Preta x Corinthians. Sobrará para ele sim ou não no STJD?

"24 Horas" volta antes que saibamos se o Timão ficará sem seu principal avante!

O COLUNISTA: Edu Cesar é criador e editor do Papo de Bola (autor também da coluna "Papo de Mídia").

TWITTER: @papodebola
FACEBOOK: SitePapoDeBola
INSTAGRAM: EduPapoDeBola
E-MAIL: papodebola@gmail.com


LEIA
COLUNAS ANTERIORES
VEJA
"BELAS DO DIA" ANTERIORES

.


 
Seja mais um seguidor do Papo de Bola e leia as manchetes do site e comentários diversos.

PAPO DE BOLA - O SITE Desde 2/6/2003 Jogue junto com este time!
Criação, produção e edição Edu Cesar E-mail papodebola@gmail.com

.