.


.

  24 Horas
  Papo de Mídia
  Rádio PB

.

.

OFERECIMENTO

.

ATENÇÃO: página melhor visualizada em 1024 x 768 - Seja bem vindo ao PAPO DE BOLA - O SITE!

.

24 HORAS
Futebol, esportes, sintonias e belas

.

Segunda, 2 de outubro de 2017 - ANO 15, EDIÇÃO 25
Depois de hoje, só no meio da semana que vem

É o Campeonato Brasileiro, que terá a 26ª rodada concluída hoje. Depois disso, só na quarta-feira da semana que vem o torneio será retomado devido às duas últimas rodadas das Eliminatórias Sul-Americanas. Acompanhe a seguir uma repassada em cada jogo desta rodada e dados a respeito dos 20 times:

Cruzeiro 1 x 1 Corinthians (5º com 41 x 1º com 55) - No primeiro jogo após o título da Copa do Brasil, a Raposa não contou com Raniel, que está fora por 2 meses devido a lesões nas duas coxas, e saiu na frente. Chegado no Mineirão em vans e Ubers por seu ônibus quebrar, o Coringão não empatou em gol legal erradamente invalidado e chegou à igualdade num pênalti que eu marcaria se fosse o apitante. Assim, no confronto direto, os mineiros tão invictos há três Brasileirões contra os paulistas, que não os derrotam no palco maior das alterosas desde os 2 x 1 do Ronaldo em 2009 (as duas vitórias posteriores como visitante foram em Sete Lagoas e Cuiabá). Ainda líderes apesar da sua incompetência recente por causa da incompetência ainda maior da concorrência (returno com 2 vitórias, 2 empates e 3 derrotas), os alvinegros não perdem há 3 rodadas, embora empatassem as duas últimas, e não se dão bem há 3 visitas (as duas últimas empatadas) - isso depois de 10 visitas invicto (8 vitoriosas). Já os celestes não perdem há 6 rodadas (4 exitosas), só que faturaram apenas dois dos últimos 7 mandos, embora invictos neste período e com somente uma derrota em 13 jogos em casa na competição (6 ganhos). Hoje à noite, os cruzeirenses definirão seu novo presidente para os próximos 3 anos. Os 465 conselheiros aptos a voto terão como opções o situacionista Wagner Pires de Sá e o oposicionista Sérgio Rodrigues. Um deles vai suceder Gilvan de Pinho Tavares a partir de 31 de dezembro, a dois dias do clube completar 97 anos.

Palmeiras 0 x 1 Santos (4º com 43 x 2º com 47) - Um gol do Ricardo Oliveira bastou para o Peixe ganhar pela vez primeira no Allianz Parque após 3 derrotas e 2 empates, vez primeira em Sampa City desde os 3 x 1 em 2014 no Pacaembu e vez primeira no Parque em si desde os 2 x 1 da semifinal estadual de 2009, aquele jogo da treta entre Diego Souza e Domingos. Vitória simbólica também por ter sido no milésimo clássico do Verdão contra os outros três grandes de SP, em retrospecto de agora 367 vitórias, 295 empates e 338 derrotas (aliás: o primeiro tinha sido justamente contra os litorâneos em 1915 e acabou 7 x 0 para eles). Levir Culpi está 100% nos clássicos, com 4 vitórias. Os santistas emendam duas vitórias e não empatam há 4 rodadas (3 vencidas), isso depois de 4 empates consecutivos, e voltaram a ganhar fora de casa após 6 tentativas (5 empatadas). Já os paulistanos não perdiam havia 4 rodadas (3 exitosas) e venceram só dois dos últimos 5 mandos (perderam os outros).

Grêmio 1 x 0 Fluminense (3º com 46 x 15º com 31) - Com uma lista considerável de desfalques por lesão à qual se somou Michel (dúvida para a semifinal da Libertadores), mas contando com a estreia do Cristian em sua volta ao futebol após quase 10 meses da última atuação pelo Corinthians, o Imortal estreou seu terceiro uniforme (aliás: sou chatérrimo para terceiros uniformes e costumo detestar quase todos, mas incrivelmente esse dos gremistas achei belíssimo, uma "raridade rara" positiva) e sofreu bastante pois Diego Cavalieri, que voltou a defender o Fluzão após mais de 4 meses, estava muito inspirado e com vontade de defender. Só que a 5 minutos do fim ele enfim vencido foi e Beto da Silva, de tão demorado comparecimento na equipe do Renato justamente por vir de vários problemas de lesão, guardou no alvo. Assim, os tricolores das Laranjeiras saíram derrotados em todos os quatro jogos contra os tricolores do Humaitá neste ano entre Brasileiro e Copa do Brasil - da mesma maneira, os donos da casa têm 100% contra os times do Rio na Arena em 2017 entre estes dois certames e mais a Libertadores (falta o Flamengo para fechar a lista). Os gaúchos voltaram a vencer após 3 derrotas e não empatam há 5 rodadas (duas vitoriosas), perdendo apenas um dos últimos 7 mandos (4 triunfos). Já os cariocas perderam as 3 últimas rodadas e não se dão bem há 5 (perdendo 4), faturando somente 4 das últimas 22 (derrotado em 8). Fora de casa, são 6 fracassos seguidos com empate nos dois últimos. Tempos encrespados para Abel Braga.

Botafogo 2 x 3 Vitória (6º com 40 x 11º com 32) - Emoção não faltou em todos os sentidos. Na véspera da partida, o Fogão soube que não teria nem ontem e nem por ao menos 4 meses o artilheiro Roger, que já tem como batalha diária a cegueira da filha de 11 anos e que agora será operado de um tumor renal, o que originou uma série de manifestos solidários. Com a bola rolando, o frenesi durou até o último segundo. O Leão saiu na frente, tomou a virada, empatou aos 43 minutos da segunda etapa e revirou aos 49 com Danilinho. Os rubro-negros não batiam os alvinegros há 5 jogos desde 2014 no geral e 4 partidas desde 2012 enquanto visitantes. Os baianos têm 6 êxitos nas últimas 10 rodadas (duas perdidas) e somaram 20 destes 30 pontos, vencendo as últimas 5 visitas e tendo 6 de invencibilidade - dados que vêm desde a chegada à casamata do Vagner Mancini, que oferece uma razoável (embora longe ainda de tranquila devido à pontuação bem próxima) condição de intermediário para quem estava praticamente no fundo do poço. Enquanto isso, os cariocas voltaram a perder após 4 sucessos seguidos e 3 triunfos como mandante, não empatando há 7 rodadas (das quais 5 vencidas).

Atlético Paranaense 0 x 2 Atlético Mineiro (8º x 9º ambos com 34) - Se isso resultará em sucesso eu não sei, mas que Oswaldo de Oliveira iniciou positivamente no Galo, ninguém pode negar. Além de ser obtido o primeiro êxito sobre o Furacão enquanto visitante desde 2011, Robinho botou duas buchas no alvo após 4 meses de seca. Os mineiros não venciam havia 3 rodadas e estão invictos há 3 visitas (duas triunfantes), estando bem melhor longe de casa do que nela: 6 vitórias em 13 desafios, dos quais só 3 perdidos. Já os paranaenses não perdiam duas consecutivas desde as duas primeiras rodadas e só faturaram uma das 6 últimas, lucrando apenas 5 destes 18 pontos, além de voltarem a perder na Arena depois de 4 presenças (3 vitoriosas).

Vasco 1 x 1 Chapecoense (10º com 33 x 12ª com 31) - Na última partida sem torcida (ainda a punição pelas cenas bárbaras após a derrota pro Flamengo), o Cruzmaltino saiu na frente, mas tomou o empate num golaço do Reinaldo encobrindo Martín Silva - que, aliás, foi cortado dos dois últimos jogos do Uruguai nas Eliminatórias devido a uma lombalgia razoavelmente séria a ponto de nem para a volta do Brasileirão, na próxima semana, ele estar assegurado. A Chape manteve uma escrita de invencibilidade neste duelo ao vencer os dois no oeste de SC e empatar os dois no RJ. Os cariocas não ganham há 3 rodadas (dois empates seguidos), venceram somente duas das 10 últimas (4 perdidas) e ganharam apenas 10 destes 30 pontos. Mesmo invicto há 3 mandos, só ganharam um dos últimos 7 (derrotados em 3). Por sua vez, os catarinenses não perdem há 3 rodadas (somaram 7 destes 9 pontos) e não empatavam havia 5 rodadas (duas triunfantes) e 7 visitas (3 exitosas).

Bahia 1 x 1 Coritiba (13º com 31 x 19º com 28) - O empate manteve uma escrita que me espantou quando a li: o Esquadrão de Aço não supera o Coxa no histórico da contenda desde os 3 x 0 pela Copa do Brasil ainda de 1999, há 20 encontros. Os baianos venceram apenas uma das últimas 5 rodadas (obtendo 5 destes 15 pontos) e não empatavam diante de sua gente havia 6 realizações (4 vitoriosas). Já os paranaenses não ganham há 7 rodadas (3 empatadas) e 4 atuações longe dos seus domínios (duas empatadas).

São Paulo 1 x 0 Sport (14º com 31 x 16º com 30) - 3º uniforme por 3º uniforme, ganhou aquele de histórico amplo a seu favor. O Tricolor jamais perdeu em 19 disputas no Morumbi contra o Leão, cujo máximo conseguido foi um empate no ano passado. Sidão foi o grande nome ao praticar duas defesaças que impediram o empate aos 49 e aos 50 minutos do segundo tempo, sendo efusivamente celebrado pelos companheiros e pelos 43 mil fãs que estiveram nas arquibancadas. Os são-paulinos mandarão seus próximos 5 jogos no Pacaembu (contra Atlético Paranaense, Flamengo, Santos, Chapecoense e Botafogo) devido a shows marcados para o Morumbi, enquanto o técnico rubro-negro Vanderlei Luxemburgo voltou a se queixar - como já fizera anteriormente não me recordo em que ano e nem qual time ele treinava na ocasião - do rebaixamento de 4 times para a Série B, um chorume mais pé no saco do que seriam tuítes meus com 280 caracteres (graças a Deus sigo com apenas 140, que já é demais para ideias tão rasas como as minhas). Os paulistas não perdem há 4 rodadas (duas vencidas) e somaram 8 destes 12 pontos, derrotados apenas uma vez nas 7 últimas rodadas (3 triunfantes) e invicto em casa há 4 partidas (duas ganhas). Já os pernambucanos não se dão bem há 9 rodadas (6 perdidas), o que pôs a perder aquela fase de apenas duas derrotas nas 9 rodadas anteriores (6 vitoriosas, 4 delas consecutivas). Fora de casa, são 5 derrotas seguidas e 9 visitas sem empate (apenas 3 delas vencidas). E pode ficar ainda pior: se a Ponte Preta ganhar hoje do Flamengo, sai ela e entra o Sport na turma de baixo. 'Guenta essa, Vanderburgo Luxerlei!

Avaí 0 x 2 Atlético Goianiense (17º com 30 x 20º com 25) - Com direito a um belíssimo gol do gordinho Walter, que bateu bonitaço no canto esquerdo (como parte deste grupo, digo: pançudos unidos jamais serão vencidos!), o Dragão segue invicto diante do Leão da Ilha há 5 encaradas desde a Série B de 2014. Os goianos têm 4 sucessos nas últimas 7 rodadas e ganharam 13 destes 21 pontos, tendo 3 êxitos consecutivos fora de casa e 7 visitas sem empate (4 triunfantes). Os catarinenses não perdiam havia 7 rodadas (3 vencidas) e 6 mandos (dois ganhos).

Ponte Preta x Flamengo (18ª com 28 x 7º com 39) - Por um lado, a Macaca está invicta contra cariocas nesta Série A, vencendo o Botafogo e "oxando" com Vasco e Fluminense. Por outro lado, o Mengão saiu vitorioso nas 3 últimas partidas entre eles, perdendo pela vez última no ano retrasado justamente em Campinas. Os paulistas não vencem há 4 rodadas (3 perdidas) e ganharam apenas um dos últimos 9 jogos (4 derrotados) e dos últimos 5 mandos (perdeu os dois últimos). Enquanto isso, os cariocas caíram somente uma vez nos últimos 5 embates (3 vitoriosos), mas não se dão bem há 5 visitas, tendo perdido as 3 mais recentes.

O resumo dessa brincadeira toda é: o líder Corinthians, apesar do returno frustrante, tem 8 pontos acima do Santos e 9 a mais que o Grêmio; a briga pela Libertadores neste momento vai justamente até o Flamengo em sétimo (e, diante do Cruzeiro campeão da Copa do Brasil dentro dos 6 primeiros, o G6 virou G7); do Atlético Paranaense em 8º até o Avaí em 17º, são 10 times separados por míseros 4 pontos; e do Bahia em 13º ao Coritiba em 19º são 7 equipes distanciadas por apenas 3 pontos. É o Brasileirão mais "por baixo" em muitos anos.

Revisitando a 27ª rodada da Série B

Internacional 2 x 0 Santa Cruz (1º com 54 x 18º com 29) - Graças a dois gols do D'Alessandro, o Colorado emendou 4 vitórias e não empata há 15 rodadas (12 vitoriosas), finalmente pegando no tranco após aquela má fase inicial em casa com 1 vitória, 4 empates e 1 derrota, agora sim se impondo no Gigante com 9 jogos sem derrota e 8 êxitos consecutivos. Já o Tricolor voltou a perder após 4 rodadas, não vence há 3 e ganhou apenas uma das 12 últimas (7 perdidas), chegando às 10 visitas sem sucesso (7 derrotadas).

América Mineiro 1 x 2 Oeste (2º com 48 x 7º com 44) - A matinê dominical terminou em confusão pois o americano Messias acusou o goleiro Rodolfo de chamá-lo de "macaco", o que foi negado pelo goleiro, que disse que não poderia cometer a injúria racial por "também ser preto" - mesmo assim, prestou depoimento e teve de pagar uma fiança para ser liberado. O Coelho perdeu duas seguidas pela 1ª vez na competição, isso depois de 6 rodadas invicto (3 triunfantes), sendo apenas sua segunda derrota em 14 mandos (8 exitosos). Já o Rubrão não perde há 7 rodadas (5 vitoriosas) e, depois de não ganhar nenhuma das 9 primeiras visitas, está invicto há 5 (venceu 3) e isso faz com que agora só tenha 4 derrotas em 14 cotejos fora de casa (7 empates).

Figueirense 1 x 0 Paraná (15° com 32 x 3º com 46) - Com o pênalti mais inventado do ano no futebol do Brasil sendo inventado por Wagner Augusto Magalhães para fazer a diferença no fim das contas, o Furacão do Estreito não perde há 3 rodadas (duas vencidas) e caiu uma vez nas 6 últimas (3 ganhas), faturando os 3 últimos mandos e invicto há 5 (empatou os outros dois). Enquanto isso, o Tricolor voltou a perder após 5 vitórias seguidas e 7 rodadas (6 vencidas) e 3 comparecimentos longe dos seus domínios (dois faturados).

Vila Nova 1 x 1 Brasil (4º com 46 x 11º com 34) - O Tigre perdeu uma das 6 últimas rodadas (3 vitoriosas) e não empatava em casa havia 8 presenças (6 ganhas). Por sua vez, o Xavante não vence há 3 rodadas e não empatava havia 8 (ganhou 4), sendo seu segundo empate em 14 visitas (apenas 3 exitosas).

Luverdense 0 x 1 Ceará (17º com 31 x 5º com 45) - O Verdão do Norte ganhou uma das últimas 5 rodadas (3 perdidas) e não caía em casa havia 7 atuações (4 triunfantes). Já o Vozão não perde há 4 jogos (dois vencidos) e só perdeu dois dos últimos 11 (ganhando 7). Primeira visita vitoriosa após 3 fracassos (dois perdidos).

Juventude 1 x 0 Paysandu (6º com 45 x 13º com 33) - Com gol solitário saído apenas na mudança do sinal amarelo para vermelho, o Papo está invicto há 5 rodadas (3 ganhas) e 5 mandos (4 exitosos). Enquanto isso, o Papão não empata tanto há 6 rodadas (4 perdidas) quanto há 7 visitas (5 caídas), tendo perdido as 3 últimas.

Guarani 0 x 0 Criciúma (12º com 34 x 8º com 39) - O Bugre não vence há 6 rodadas (3 perdidas) e ganhou uma das últimas 14 (se deu mal em 7), sem triunfar em casa há 3 partidas e faturando só um dos últimos 7 mandos (derrotado em 3). Por sua vez, o Tigre não perde há 3 rodadas (emendou dois empates) e caiu uma vez nas 8 últimas (3 vencidas), invicto há 4 visitas e perdendo só uma das 6 últimas (3 vitoriosas).

Londrina 4 x 1 CRB (9º com 37 x 14º com 32) - O Tubarão voltou a vencer após 3 rodadas (uma empatada) e não perde há 4 mandos (3 exitosos). Já o Galo da Pajuçara perdeu as 5 últimas rodadas e ganhou apenas uma das 8 últimas (6 perdidas), caindo nas 3 últimas visitas e vencendo uma das 9 últimas (6 perdidas).

Náutico 2 x 0 Boa Esporte (19º com 23 x 10º com 37) - O Timbu voltou a ganhar após 3 derrotas e não empata há 11 rodadas (5 positivas) e 6 mandos (4 exitosos), enquanto os Bovetas não perdiam havia 4 rodadas, venceram uma das 6 últimas (duas perdidas) e não ganham fora há 8 partidas (4 empatadas).

ABC 0 x 1 Goiás (20º com 18 x 16º com 31) - O Alvinegro não vence há 10 rodadas (7 perdidas) e 5 mandos (3 derrotados). Francamente, esse aí não tem mais solução, não. Por sua vez, o Esmeraldino não empata há 6 rodadas (4 perdidos), ganhou duas das 3 últimas e não se dava bem havia 5 visitas (4 perdidas).

Destaques: o Inter lidera com 6 pontos a mais que o vice-líder e 9 pontos a mais que o 5º colocado; do vice-líder América ao 7º Oeste, são 6 times separados por 4 pontos; do 14º CRB ao 18º Santa Cruz, são 5 times separados por 3 pontos; do 11º Brasil ao 17º Luverdense são 7 equipes distantes por 3 pontos; o Criciúma está a 7 pontos do acesso e 8 acima do descenso; e Londrina e Boa estão a 9 pontos do G4 e a 6 do Z4.

Se a Série A volta apenas na próxima semana, a Série B continua normalmente. Eis a 28ª rodada: na terça, Ceará x Vila Nova às 19h15, Paraná x Internacional às 20h30 e Brasil x Juventude às 21h30; na sexta, Boa Esporte x Paysandu às 19h15, CRB x ABC às 20h30 e Goiás x Náutico às 21h30; e no sábado, Oeste x Guarani e Criciúma x Londrina às 16h30 e Santa Cruz x América Mineiro e Luverdense x Figueirense às 19h.

As semifinais da Série C

Enquanto o CSA ganhou do São Bento por 1 x 0 e joga no sábado em Maceió por vitória ou empate (ao passo que a equipe de Sorocaba precisa de vitória por um gol de diferença a partir de 2 x 1), a outra semi começa esta noite e será uma celebração nordestina entre o finalmente regressado mandante Fortaleza e o Sampaio Corrêa.

Pitacos do futebol europeu

*O plebiscito sobre a Catalunha ser independente ou não (consta que 90% dos votantes que conseguiram responder "sim" ou "não" - já que muitos foram atacados com brutalidade pelas autoridades policiais, em cenas horríveis demais) respingou no futebol pois o Barcelona não queria jogar contra o Las Palmas, mas acabou atuando num Camp Nou sem torcida e vencendo por 3 x 0, o que me pareceu ter sido por "livre e espontânea pressão" da Liga Espanhola, que evidentemente está alinhada com o governo nacional quanto a considerar ilegal a vontade dos catalães de serem independentes. Entristecido, Piqué pensa em abandonar já agora a seleção.

*O jogo mais maluco da rodada espanhola foi Real Sociedad 4 x 4 Betis: 0 x 1 aos 6 do primeiro, 1 x 1 aos 13, 2 x 1 aos 26, 2 x 2 aos 28, 2 x 3 a 1 do segundo tempo, 3 x 3 aos 12, 3 x 4 aos 38 e 4 x 4 aos 41. Beleza!

*O atropelo por 6 x 2 sobre o Bordeaux significou aparente paz no Paris Saint Germain com Neymar batendo um pênalti e sendo abraçado por Cavani na comemoração. Estando bom para ambas as partes...

*Mais Campeonato Francês: 29 feridos (5 em estado grave) na queda de uma grade do setor visitante na comemoração de gol do Lille sobre o Amiens, partida suspensa logo a seguir. Imagens muito tristes.

*O Lyon empatou em 3 gols com o Angers e teve Marcelo expulso de forma tragicômica: ao tomar cartão amarelo, levantou seu braço no mesmo instante que o apitante baixou o dele. Assim, o cartão foi derrubado sem intenção, uma tremenda coincidência. Só que o brasileiro foi expulso, o juizão achou que foi intencional. E não foi, as imagens mostram claramente. Intencional só mesmo André Luís naquele Botafogo x Estudiantes, rs...

*No primeiro jogo após a demissão do Carlo Ancelotti, o Bayern de Munique ficou no empate por 2 gols com o Hertha Berlim. O ex-lateral Sagnol treinou interinamente os bávaros na Bundesliga.

Curtinhas

*A semana foi marcada pela ruptura na Seleção Feminina após a demissão da Emily Lima, com atletas como Cristiane, Fran, Rosana e Andreia Rosa se retirando do escrete. Pois bem: Vadão chamou a equipe que pegará México, China e Coreia do Sul na Copa CFA Yongchuan, de 19 a 24 do mês que vem na China. E Marta está na convocação, assim como Andressa Alves, esta mais uma a anunciar protesto, ainda que sem retirada.

*Calendário do futebol brasileiro para 2018, anunciado ontem pela CBF: pré-temporada de 3 a 16 de janeiro; Estaduais com até 18 datas de 17 de janeiro a 8 de abril; Copa do Brasil com 21 datas de 31 de janeiro a 17 de outubro; e Campeonato Brasileiro com 38 datas na Série A de 15 de abril a 9 de dezembro e 38 também na Série B de 14 de abril a 2 de dezembro. Consequência: a 12ª rodada da primeira divisão acontecerá em 13 de junho e a 12ª da B será disputada no dia 12. Até aí nada de mais, não fosse o fato de que 14 de junho é o dia da abertura da Copa do Mundo na Rússia. Nada mais tenho a dizer a não ser: pífia e patética sem vergonhice. Baaahhh!!!

*CBF, que não terá Vinícius Júnior na Seleção Brasileira que disputará a Copa do Mundo de Juvenis na Índia, de 6 a 28 do mês que vem. O Flamengo não liberou o atleta e isso causou um mal-estar com a entidade.

*Mais uma derrota do futebol: os clássicos Goiás x Vila Nova terão torcida única a partir do ano que vem. Como se isso fosse acabar com incidentes violentos. Vão quebrar a cara, não são ações assim que melhoram tudo.

*Sabe o ex-atacante Warley Brasília? Será gerente de futebol do Botafogo da Paraíba a partir de 2018.

*Deu Goytacaz campeão da B1 do Rio ao empatar com o America após vencer a partida de ida. Ambos sobem pra elite, mas não ainda contra os grandes e sim numa primeira fase com outros quatro pequenos.

*Com 12 anos de existência, o Manthiqueira chegou ao seu primeiro título: a Segunda (quarta) Divisão de SP. Foi com vitória sobre o EC São Bernardo - não confundi-lo com o São Bernardo FC da primeira divisão.

*Um "brasileiro" a menos no Paraguai que pegará Colômbia e Venezuela nas Eliminatórias, nas duas próximas semanas. O atacante Barrios, do Grêmio, foi cortado devido a uma lesão muscular.

*Colômbia, que também terá o Peru como adversário além do Paraguai. José Pekerman convocou somente um "brasileiro": Cuellar, do Flamengo. Mais um indício da má fase do Borja, do Palmeiras.

*Lembram do Marlos, o ex-são-paulino que chegou a ser apelidado "Lionel Marlos"? Foi convocado pela Ucrânia para enfrentar Kosovo e Croácia pelas duas últimas rodadas das Eliminatórias da Europa para 2018.

*Suspensos 9 países por um ano das competições de levantamento de peso devido a violações de doping: Armênia, Azerbaijão, Bielorrússia, Cazaquistão, China, Moldávia, Rússia, Turquia e Ucrânia. Todos estão automaticamente fora do Mundial do mês que vem nos EUA. A dopagem é um grande mal ainda não combatido à toda.

*Sérvia bicampeã europeia feminina de vôlei ao marcar 3 x 1 na Holanda (25/20, 25/22, 18/25 e 25/18).

*Começa hoje o Mundial de Ginástica Rítmica no Canadá. Um destaque da competição, que terá suas finais realizadas entre quinta e o próximo domingo, será a despedida da medalhista olímpica Catalina Ponor.

*Handebol: Jorge Dueñas estreou no comando das gurias do Brasil em amistoso perdido pra França por 23 x 21. Os dois países voltaram a se enfrentar também neste fim-de-semana, desta vez empate em 22 x 22.

*Judô: Bárbara Timo venceu o ouro brasileiro da etapa de Zagreb do Grand Prix (que rendeu outras medalhas, mas ouro apenas o dela) ao bater na final a francesa Fanny-Estèlle Posvite por um waza-ari.

*A ótima do canoísmo: Ana Sátila medalha de bronze no Mundial de Slalom disputado na França, um resultado histórico obtido com 114s29. Prata para a tcheca Tereza Fiserova e ouro para a britânica Mallory Franklin.

*A trágica do canoísmo: encontrado morto Diego Bichir, atleta da seleção brasileira, que estava desaparecido desde a última sexta-feira. Seu corpo e seus instrumentos de trabalho esportivo foram achados em Bertioga. Ele se preparava para competir no Sul-Americano do mês que vem, no Peru.

*Automobilismo bizarro na Malásia: a etapa da Fórmula 4 Asiática não teve vencedor do jeito tradicional pois - acredite - todos os carros ficaram sem gasolina e nenhum, nem sequer o último sobrevivente Kane Shepherd, conseguiu ultrapassar a linha de chegada. Mesmo sendo o último carro na pista, o do Kane não foi para o topo do pódio pois Daniel Frost foi declarado vencedor pois era o líder na 5ª de 8 voltas, a última com todos na pista.

*Malásia, que se despediu da Fórmula 1 na véspera dos 40 anos do bicampeonato de Niki Lauda na Fórmula 1, assegurado a duas corridas do fim daquela temporada de 1977 com um 4º lugar na etapa dos Estados Unidos vencida por James Hunt. Fazendo 20 anos no dia da definição do grid, Max Verstappen ultrapassou Lewis Hamilton e "se deu-se a si mesmo" a vitória de presente com mais de 12 segundos na frente do líder da temporada. Daniel Ricciardo completou o pódio e o grande nome na pista foi Sebastian Vettel, que largou em último e chegou a um (mediante as circunstâncias) excepcional 4º lugar. Terminada a corrida, ele ainda teve seu pneu traseiro canhoto destruído por uma barbeiragem do Lance Stroll. Enquanto isso, Felipe Massa ficou em 9º. No campeonato, Lewis tem 281 pontos contra 247 do Sebastian. A próxima corrida é domingo que vem, no Japão.

Sintonia PB

Começa o tópico desta "24 Horas" que está antenado no que ocorre fora dos esportes. Às novidades:

*Completa 45 anos hoje um dos programas mais antigos do rádio brasileiro: "A Volta do Sucesso", que desde a estreia é ancorado por Altieris Barbiero. Iniciado na Record, depois esteve nas rádios Globo, Mulher, São Paulo e América até chegar à atual veiculadora 9 de Julho AM 1600, de segunda a sexta, das 12h15 às 14h. Por isso mesmo, marcada foi para hoje uma pequena confraternização com direito a vários artistas reunidos para cumprimentar Altieris, entre eles Ângelo Máximo, Nilton Cesar, Cláudio Fontana e outros. Parabéns!

*Destaquei na semana passada uma notícia do Anderson Cheni sobre todos os funcionários da Rádio Auri-Verde AM de Bauru terem sido demitidos pela emissora passar a pertencer a uma rede. Sei pelo TudoRádio que o canal 760 passará a abrigar a Jovem Pan News Bauru a partir da segunda-feira da semana que vem.

*Além do slogan "a rádio que tem opinião", a Bandeirantes de São Paulo passou a usar outros slogans durante boletins noticiosos e vinhetas, o que já tem sido notado há alguns dias. Algumas delas: "Rádio Bandeirantes, conteúdo que faz a diferença"; "Rádio Bandeirantes, diariamente necessária" (essa aí me parece inspirada numa frase dita há anos pelo Milton Neves em seu comentário no matinal do José Paulo de Andrade: "O Pulo do Gato, diariamente necessário"); "Rádio Bandeirantes, sempre presente"; e "Bandeirantes, a rádio da família".

*Leio no TudoRádio que, faltando definir a data exata entre o fim deste mês e o início do mês que vem, lançada será a primeira afiliada da Rede BandNews FM na Região Norte: a BandNews FM 93,7 de Manaus, prefixo surgido do processo de migração de AM para FM da Rádio Difusora 1180. Com isso, a jornalística do Grupo Bandeirantes passará a ter 10 emissoras em rede, a mais recente delas sendo Vitória desde o ano passado.

*Um repórter a menos na Record de São Paulo: Bruno de Abreu, que tinha o apelido "Bruno Peruca" quando fazia o "Cidade Alerta" no tempo do saudoso Marcelo Rezende. Ele estava na rede havia 3 anos (antes, era da RIC TV de Maringá) e promete anunciar novidades profissionais até o fim da semana que vem.

*"Globo Repórter" na madrugada de segunda a sexta? Sim! Leio no Daniel Castro que assim será a partir da virada de 16 para 17 de outubro, com a "Seleção Globo Repórter" reprisando às 4h uma coletânea de programas exibidos nos últimos cinco anos - o primeiro será o denominado "Arte Como Passaporte", feito por Renato Machado e levado ao ar em junho do ano passado (foi selecionado nesta semana para concorrer ao Emmy Internacional). Afirma o Plim-Plim que não é uma atração fixa esta "Seleção" e sim algo temporário, igual foi recentemente com o "The Voice Brasil: Reencontro" e, mais atrás, com aquelas semanas de reprises da "Grande Família" antes da estreia do "Conversa com Bial". Mas se farão isso agora e neste horário, motivo certamente tem. Será que teria a ver com o "SBT Notícias", que é a única outra opção nas principais redes abertas neste horário além do "Corujão"? Ah! Importante ressaltar, vai que alguém entenda errado: "Globo Repórter" segue nas noites de sexta, claro.

*Sábado, Joel Datena defendeu no "Brasil Urgente" uma mãe que filmou a si mesma dando palmadas no filho de 10 anos por dirigir seu carro. Revoltada, Xuxa Meneghel foi às redes sociais reclamar que violência gera violência e que a lei serve para todos. Mais revoltado ainda ficou José Luiz Datena. O titular do programa da Band nem precisou citar nomes para o recado ficar claro ao afirmar que as poucas vezes em que quis dar palmadas no filho foi quando ele assistia "aquela garota de programa infantil, que cresceu e continua infantil e, além disso, imbecil". Joel também respondeu à Xuxa, mas muitíssimo menos exaltado ao afirmar que não acha que corretivos assim tenham a ver com atos violentos pois são valores perdidos no mundo moderno e que podem impedir futuros deslizes.

*Tristeza: morreu de câncer de pulmão aos 53 anos a atriz Solange Badim, a Delzuíte da novela "Salve Jorge".

*Segunda-feira dos 10 anos do falecimento de Castro Gonzaga. Nascido em 1918, ele atuou quase sempre na Globo, especialmente em "Saramandaia" como Zico Rosado e tendo em "O Profeta" sua despedida. Fora dela, também fez produções em Excelsior, Tupi, Manchete e Bandeirantes desde os anos 1960.

*20 anos da morte de Thales Pan Chacon, ator nascido em 1956 e que fez teatro e cinema, ganhando fama com o filme "Eu Sei Que Vou Te Amar". Na televisão, fez trabalhos em Globo, Manchete e SBT, entre eles a atualmente reprisada novela "Fera Radical" e a recentemente repetida "Meu Bem, Meu Mal". Vitimado com apenas 41 anos em decorrência da AIDS, ele teve sua última presença na refilmagem de "Os Ossos do Barão".

*Cléo Pires faz 35 anos hoje. A filha de Glória Pires e Fábio Jr. (visualmente falando muito mais puxada para o lado do pai que para o da mãe) fez várias novelas nos últimos 12 anos, sempre na Globo e a última delas sendo "Haja Coração", além de alguns filmes, entre eles "Mais Forte Que o Mundo", a biografia do lutador José Aldo.

*Quem também faz 35 anos nesta segunda é Thalita Carauta, atriz que interpretou a Janete do quadro da Valéria no "Zorra Total" e a Selma de "Chapa Quente", além de fazer filmes como "O Lobo Atrás da Porta".

*Há 120 anos nascia Bud Abbott, falecido em 1974 e que fez nos anos 40 e 50 dupla cômica com Lou Costello.

*Se você for daqueles que vara a madrugada e topa um repeteco 5 estrelas, o "Corujão" da Globo passará às 3h40 o clássico oitentista "Conta Comigo", com River Phoenix, baseado em história de Stephen King.

*Depois de 9 anos preso, OJ Simpson deixou a prisão ao receber liberdade condicional. Condenado a 33 anos de prisão por roubo, assalto, sequestro e afins variados numa emboscada em um hotel-cassino de Las Vegas, o ex-jogador de futebol americano e ator da trilogia "Corra Que a Polícia Vem Aí" foi absolvido em 1995 em julgamento no qual foi acusado de matar a ex-esposa Nicole Brown e o amigo dela Ron Goldman.

E fique antenado! "Sintonia PB" continua de olho no que ocorre fora dos esportes e retorna na próxima coluna.

Bela do Dia: Serinda Swan

Serinda Swan, atriz que vi nesta madrugada no filme "Acerto de Contas", que deu no "Corujão" da Globo. Quem não gostaria de acertar suas contas com uma gata de beleza tão forte dessas?

Momento Raridade Rara: "Vox Populi"

Completa 40 anos a estreia deste programa de entrevistas da TV Cultura, que durou até 1986 e no qual um apresentador que não era visto de frente para as câmeras (o falecido jornalista Paulo Roberto Leandro) fazia um "meio-de-campo" com o entrevistado da vez, que respondia mesmo era perguntas de populares feitas nas ruas. Algumas edições foram reprisadas na íntegra em 2009 por ocasião dos 40 anos do canal da Fundação Padre Anchieta e destaco duas com as duas maiores referências do futebol brasileiro: de 1977, a com Pelé; e de 1978, a com Mané Garrincha. Ambas têm contextualizações atualizadas de Thaíde e Adriana Couto.

Clipe do Dia I

Terminava há 30 anos hoje completados "Corpo Santo", novela da Manchete que venceu o APCA de melhor produção de 1987. Trama policial marcada por algo extremamente raro: mocinha assassinada no meio da história, causado isso por brigas que levaram Christiane Torloni a deixá-la antes do fim. A abertura foi pontuada por um excepcional tema musical curtido aqui: "Um Lugar no Mundo", com o sempre ótimo Roupa Nova.

Clipe do Dia II

Começava há 20 anos fechados nesta segunda-feira a terceira e última visita do já debilitado Papa João Paulo II ao Brasil. Separei aqui o evento no Rio de Janeiro com Roberto Carlos a homenageá-lo cantando "Nossa Senhora" e "Jesus Cristo". O vídeo é da transmissão da Globo, sempre com a "voz papal" de Fabbio Perez.

Arremate

Ainda bem que não tem futebol domingo que vem. Quem sabe este dia sem jogos brasileiros me faça bem.

"24 Horas" volta antes que eu crie vergonha na cara e volte aos hábitos antigos o quanto antes!

O COLUNISTA: Edu Cesar é criador e editor do Papo de Bola (autor também da coluna "Papo de Mídia").

TWITTER: @papodebola
FACEBOOK: SitePapoDeBola
INSTAGRAM: EduPapoDeBola
E-MAIL: papodebola@gmail.com


LEIA
COLUNAS ANTERIORES
VEJA
"BELAS DO DIA" ANTERIORES

.


 
Seja mais um seguidor do Papo de Bola e leia as manchetes do site e comentários diversos.

PAPO DE BOLA - O SITE Desde 2/6/2003 Jogue junto com este time!
Criação, produção e edição Edu Cesar E-mail papodebola@gmail.com

.