.


.

  24 Horas
  Papo de Mídia
  Rádio PB

.

.

OFERECIMENTO

.

ATENÇÃO: página melhor visualizada em 1024 x 768 - Seja bem vindo ao PAPO DE BOLA - O SITE!

.

24 HORAS
Futebol, esportes, sintonias e belas

.

Segunda e terça, 1 e 2 de maio de 2017 - ANO 14, EDIÇÃO 130
Campeão potiguar no feriado



Obs.: coluna publicada no início da noite de segunda-feira e atualizada na terça com adendos deste dia.

É o ABC, que empatou sem gols com o Globo no Frasqueirão e se tornou bicampeão e dono de 54 troféus na história. Campanha total de 14 vitórias, 4 empates, 40 gols pró e 16 gols contra. Parabéns, alvinegros! O próximo compromisso deles será a estreia na Série B, às 16h30 do dia 13, em casa, contra o Paraná.

Três campeões encaminhados

São Corinthians em SP, Coritiba no PR e Goiás em GO. As vantagens de 3 gols para as voltas de domingo que vem são extremamente consideráveis e, para não dizer "impossíveis", muitíssimo difíceis de serem reviravoltadas por Ponte Preta, Atlético e Vila Nova. Em outro extremo, a decisão aqui do RS está imprevisível por diversos motivos. A seguir, um panorama nacional destas decisões e outros destaques de competições em retas finais e também de jogos dos clubes que estarão nas Séries A e B (os 40 deles são sempre seguidos pelo PB):

Paulista - O Corinthians terá de tomar na Arena em Itaquera uma diferença que nunca tomou em 99 jogos ali realizados: 3 gols. Esta diferença a Ponte já nele aplicou como visitante no Paulistão de 1980, mas ainda assim é brabo achar que justamente agora isso se repita. Me sinto de volta a 2001, quando o Timão também fez 3 x 0 jogando a ida no interior e confirmou o título sobre o Botafogo com um empate sem gols na capital. A vitória de ontem rendeu um trocadilho genial do parceiro corintiano Luís Butti: "Moisés Lucarille". Sensacional!

Paulista A2 - Saem nesta terça os novos integrantes da elite. A tarde terá Água Santa x Bragantino, com o time de Diadema precisando ganhar por um gol de diferença para pênaltis após o 1 x 0 do Massa Bruta. No começo da noite, tem São Caetano x Rio Claro. A ida foi 2 x 2 e qualquer empate resultará em pênaltis.

Carioca - Graças à papagaiada do século proporcionada por Renato Chaves (triplicada na importância por ser decisão), escore mínimo e suficiente para o Flamengo ficar na frente do Fluminense, que precisará marcar um de diferença para pênaltis. A última vez que um perdedor do primeiro jogo reviravoltou no segundo para conquistar o campeonato foi justamente com o Flu, em 2005, contra o Volta Redonda. Filme repetido ou fim diferente?

Mineiro - Com o empate sem gols em clássico bem mais ou menos, o Cruzeiro subiu para 8 os duelos sem queda diante do rival, mas o Atlético mantém a vantagem de ser campeão com uma nova igualdade. Dê o que der domingo que vem, só não quero um novo "oxo". Final sem um gol sequer é pra desanimar o vivente. Atualização de terça: volta confirmada para o Independência e, embora longe do ideal que seria meio-a-meio, haverá não uma e sim as duas torcidas, com o mandante Galo tendo 90% do espaço e a visitante Raposa os outros 10%.

Mineiro Módulo II - No primeiro jogo depois da "re-prisão" do Bruno, o Boa Esporte venceu o Nacional fora de casa e tem 11 pontos após 6 de 10 rodadas do hexagonal do acesso, a um do Betinense e dois do Patrocinense. A próxima partida do time de Varginha é nesta quarta, contra o Tupynambás.

Capixaba - Com o mole que o Doze deu, tem mais é que perder mesmo o título. O Atlético tomava 2 x 0, mas diminuiu aos 44 e empatou aos 47 minutos do segundo tempo para ser campeão com novo empate.

Gaúcho - Duas vezes o Novo Hamburgo esteve na frente e duas vezes o Internacional buscou o empate diante de 43 mil fãs, maior plateia das finais deste domingo. Anilado mostrou que não é finalista a troco de nada e, mesmo que daqui a pouco não seja campeão, tem como mérito não afinar para a dupla até agora: empatou os três jogos com o Grêmio (eliminando ele nos pênaltis) e ganhou uma e empatou outra com o Colorado. Aliás, inexplicável a zica dele com três goleiros lesionados em um mês. Keiller se machucou sozinho nos minutos finais - com tanta gravidade que tá fora da volta - e Marcelo Lomba teve que "fazer número". Reinam duas grandes expectativas: quem vai para a baliza vermelha (já falam até num regresso do Danilo Fernandes com proteção especial na perna, algo tão insano por tão surreal a situação) e o local da segunda partida, visto que o Nóia tentará até o fim da tarde desta terça viabilizar o Do Vale com capacidade maior - do contrário, vai pro Centenário de Caxias.

Catarinense - Vantagem muito expressiva da Chapecoense, claro que por apenas um gol de diferença, mas a melhor campanha prevalece e até derrota assim lhe servirá na Arena Condá. Terá o Avaí que anotar dois ou mais de diferença para ser campeão. Não será bolinho a coisa para a esquadra de Florianópolis.

Paranaense - O Atlético não era o reservão que passou pelo Londrina e teve titulares e Paulo Autuori, mas o Coritiba deu de ombros para isso ao construir uma excelente dianteira que incluiu um golaço do Iago, quase da linha de fundo e encobrindo Weverton. O Furacão não perdia na Arena da Baixada havia 21 jogos desde a baixa diante do Grêmio pela Copa do Brasil do ano passado, e o Coxa só vai pros pênaltis se tomar 3 de diferença em seus domínios. Será? A mesma diferença também provocará os tiros livres a 11 passos da marca fatal caso o Cianorte a obtenha diante do Londrina, cujo quatrilho lhe deixa perto de ser o campeão do interior.

Copa do Nordeste - O papo na final estadual começa quarta-feira, mas na semifinal regional deu Bahia com 2 x 0 para reviravoltar o 1 x 2 inicial diante do Vitória. Pena que o jogo ficou um pouco em segundo plano devido ao "arranca-costelas" misturado com "fura-tripas" ao término do clássico, mais uma pouca vergonha inadmissível - e que teve como um dos seus causadores o agora ex-treinador rubro-negro. Sim, ex-treinador, demitido que foi Argel Fucks. O Tricolor saberá nesta quarta qual pernambucano o enfrentará na decisão, vantagem por agora sendo do Santa Cruz após 2 x 1 fora de casa diante do Sport, o que permite aos tricolores avançarem até se tomarem 1 x 0 diante de sua gente e força os rubro-negros a anotarem dois ou mais de diferença. O Leão chegará como à final estadual contra o Salgueiro no domingo que vem? Feliz por ser finalista ou triste por ter caído?

Cearense - A melhor-de-três começou com o Ceará ganhando do Ferroviário. Como saldo de gols não importa, tanto faz o placar de 1 x 0 pois, se o Ferrim fizer 7 x 0 nesta quarta, o Vozão continuará totalmente no páreo para o terceiro jogo pela pura e simples soma de pontos resultar ou não na disputa de pênaltis. O destaque foi o bizarro retardo no início da segunda etapa enquanto recolhiam cocôs de cachorro dentro do campo.

Alagoano - Com 1 x 0 de frente sobre o CSA, o CRB joga pelo empate na volta. Caso a mesma diferença com vencedor diferente aconteça, teremos inicialmente prorrogação antes dos pênaltis.

Paraibano - Grande jogo para começar a finalíssima. O Treze era mandante, mas o Botafogo não tava nem aí para ele e o 3 x 2 lhe deixa a uma derrota por um gol de diferença de celebrar o troféu em João Pessoa.

Sergipano - Após empatar a ida, novo empate com o Confiança tornará o Itabaiana o campeão deste ano.

Maranhense - A final do segundo turno começou empatada e o Cordino joga por outra igualdade nesta quarta para provocar mais dois jogos com o Sampaio Corrêa, que tem que ganhar para ser campeão direto.

Goiano - Fazia 12 anos que não tinha Vila Nova x Goiás na final. Se soubessem antes do atropelo esmeraldino, acho que os colorados não gostariam que ela acontecesse... 3 de diferença para pênaltis ou nada feito.

Brasiliense - Depois de empatarem a ida, Ceilândia e Brasiliense irão aos pênaltis se novamente ficarem iguais.

Mato-Grossense - O Cuiabá conseguiu virar na mudança do sinal amarelo para vermelho e tem a vantagem para a volta, enquanto o Sinop precisa ganhar por um de diferença para forçar os pênaltis.

Sul-Mato-Grossense - Após o 1 x 1 da ida com o Novoperário, o Corumbaense está a outro empate do caneco.

Paraense - Remo e Paysandu empataram e, assim, teremos pênaltis se não houver vencedor na volta de domingo. Antes dela, o Papão vai ao Mato Grosso começar na quinta-feira a final da Verde contra o Luverdense.

Acreano - Poderia ter saído campeão direto neste domingo, mas o Rio Branco perdeu o jogo decisivo do segundo turno para o Atlético e, desta feita, teremos mais duas partidas entre eles para o campeonato.

Tocantinense - Sparta e Interporto eliminaram Gurupi e Tocantinópolis para decidir o título em dois sábados.

Agenda desta semana

Além das partidas já citadas (Bahia x Vitória no Baiano, Santa Cruz x Sport na Copa do Nordeste e Luverdense x Paysandu na Copa Verde), a Copa do Brasil prosseguirá a ida das oitavas com Cruzeiro x Chapecoense, ao passo que a Libertadores terá quase todos os brasileiros em ação - só justamente o Verdão do Oeste que não. A terça reserva o Botafogo contra o Barcelona no Rio, ambos com 7 pontos no Grupo 1. Quarta-feira tem bastante coisa: Atlético Mineiro, com 7 pontos, visitando o lanterna Sport Boys pelo Grupo 6; Grêmio com 10 pontos fora de casa diante do Iquique, com 6, pelo Grupo 8; Palmeiras desafiando o Jorge Wilstermann pelo Grupo 5 em outro "10 pro brasileiro e 6 pro adversário; e muita emoção no Grupo 4 com Atlético Paranaense (7) x San Lorenzo (4) e Flamengo (6) x Universidad Católica (5). Triunfos classificarão os dois rubro-negros.

Os destaques do futebol europeu

Espanhol (35 de 38 rodadas) - Barcelona e Real Madrid pontuam a tabela com 81 pontos após a trinca catalã no clássico diante do Espanyol e o sucesso merengue sobre o Valencia, que só não tomou mais pois Diego Alves defendeu um pênalti cobrado pelo Cristiano Ronaldo. Mas como o Real continua com um jogo a menos, aquele com o Celta que parece que só vai acontecer no dia que o Esporte Interativo me contratar para narrar um clássico europeu ao lado da Tatiana Mantovani e da Clara Albuquerque (rs), segue ele mais credenciado pro topo. Já o Atlético de Madrid fez a quina no Las Palmas e tem 71 pontos em terceiro.

Italiano (34 de 38 rodadas) - A Juventus empatou com a Atalanta e tem 84 pontos, mas como a Roma perdeu pra Lazio e parou nos 75, já dá para cravar que é questão de minutos para a Velha Senhora oficializar o scudetto. Mas o principal destaque veio da derrota não do Pescara para o Cagliari, mas do futebol em si: ao sofrer atos racistas da torcida do Cagliari, Muntari reclamou disso com o apitante Daniele Minelli. Consequência: ele tomou amarelo. Sim, o alvo do racismo tomou cartão por reclamação. Revoltado com total razão, ele abandonou o gramado aos 44 minutos do segundo tempo. Me perdoem por baixar completamente o nível, mas vão permitir que um desgraçado imundamente maldito desses continue apitando futebol? Safado desalmado, patife!!! Canalha!!!

Inglês (35 de 38 rodadas) - Será que temos um campeonato? Hm... Acho que não, né? Tá que é curta a distância entre os londrinos depois que o Chelsea foi aos 81 pontos ao trincar o Everton e o Tottenham aos 77 ao derrotar o Arsenal, mas mesmo que só de 4 pontos, deve se tirá-la em 12 - é que cada time tem um jogo a menos.

Alemão (31 de 34 rodadas) - Bayern de Munique campeão ao chegar aos 73 pontos com uma impiedosa sena diante do Wolfsburg e contar com o "oxo" com o Ingolstadt que trancou o Red Bull Leipzig em apenas 63, insuficiente para reviravoltar. Os bávaros atingem um inédito pentacampeonato.

Francês (35 de 38 rodadas) - Semana passada os reservas do Monaco tomaram um totó do Paris Saint Germain na Copa nacional, mas parece que o jogo virou, não é mesmo? A equipe do Principado fez sua parte ao dar de 3 no Toulouse para ter 83 pontos e uma partida a menos, enquanto o PSG tomou 3 do Nice e estacionou nos 80.

Português (31 de 34 rodadas) - O Benfica venceu o Estoril e foi aos 75 pontos. O Porto ganhou do Chaves e tem 72. Agora é só mesmo um milagre que salva os portistas e impede o festejo encarnado.

Agenda da semana - As semifinais da Liga dos Campeões terão Real x Atlético nesta terça e Monaco x Juventus na quarta; já a semi da Liga Europa terá Ajax x Lyon na quarta e Celta x Manchester United na quinta.

Curtinhas

*Vitesse campeão pela primeira vez em 125 anos de existência. Foi da Copa da Holanda, 2 x 0 no AZ Alkmaar.

*Será francês o campeão da Liga Feminina dos Campeões da UEFA. Mas Paris Saint Germain ou Lyon?

*Recorde na Copa da Europa de Futsal: Inter Movistar o seu primeiro tetracampeão, 7 x 0 no Sporting.

*Rafael Nadal campeão 10 vezes do ATP de Barcelona, marca atingida com 2 x 0 (6/4 e 6/1) em Dominic Thiem.

*Ao fazer 7 x 4 na Polônia pelo Mundial, a seleção do Brasil completou 500 vitórias no futebol de areia.

*Campeãs olímpicas de vela, Martine Grael e Kahena Kunze venceram a etapa da França da Copa do Mundo na classe 49er FX. Segunda conquista das brasileiras na segunda etapa do campeonato.

*Vai para o tira-teima decisivo a final da Liga de Basquete Feminino depois dos 71 x 64 do Uninassau diante do Corinthians/Americana. Com 2 x 2, a decisão terminará nesta terça, em Americana.

*Fórmula Indy: Simon Pagenaud venceu o GP de Phoenix, com Will Power e JR Hildebrand fechando o pódio. Hélio Castroneves foi o quarto e Tony Kanaan o sexto. Próxima etapa dia 13, em Indianápolis. (atenção: não são ainda as 500 Milhas de Indianápolis, estas acontecerão somente no dia 28 de maio)

*Fórmula 1: Valtteri Bottas venceu pela primeira vez na categoria após uma largada espetacular, quando deixou comendo poeira as duas Ferrari - e foi só isso de bom que um chatíssimo GP da Rússia teve. Vettel e Kimi Raikkonen completaram o pódio, com Lewis Hamilton em quarto e Felipe Massa em sexto. Destaque negativo para Fernando Alonso, cuja caranga pifou no grid e nem sequer largar ele largou. Dia 13, tem GP da Espanha.

Momento Raridade Rara: 55 anos do "Primeira Hora"

Na semana em que completará 80 anos, a Rádio Bandeirantes teve como primeira data especial a completada nesta segunda-feira pelo seu carro-chefe, o único programa da emissora que leva nos créditos finais (atualmente, no fim da edição nacional às 7h30) o crédito para o presidente do Grupo Band, antes João Jorge Saad e hoje em dia João Carlos Saad. Devo apenas lamentar demais que não tivesse havido em momento algum do jornal deste 1° de maio de 2017 alguma vinheta comemorativa ou uma única menção que fosse ao aniversário do noticiário, cuja edição dos 55 anos teve a locução de Dimas Aguiar e Silvania Alves, com apresentação de Bernardo Ramos, que tem comandado o jornal na ausência do novo âncora titular Pedro Campos.

Muito diferente foi o que aconteceu em 2012, quando o "Primeira Hora" completou 50 anos e mereceu destaque especial na vinheta de abertura e em todo o primeiro bloco. Recordem aqui aquela edição especial, que teve Silvania Alves, Dedé Gomes e Walker Blaz. Inclui um trecho da abertura do primeiro noticiário (na época então interligando São Paulo e Rio de Janeiro) e depoimentos de José Paulo de Andrade, Salomão Ésper, João Jorge Saad, os editores Daniel Batista, Christiano Panvechi e Everton Mathias, o operador técnico Edson Firmino e o repórter esportivo Frank Fortes. Tem ainda reprise da abertura de um jornal de 2003, na época da segunda Guerra no Golfo, com o então âncora Haisem Abaki e os locutores Dimas Aguiar e o saudoso Lourival Pacheco.

Antes disso, destaco de 2009 um "Jornal Gente" no qual Zé Paulo falou sobre os então 47 anos do "Primeira Hora" e lembrou que o jornal foi criado pelo diretor e mítico locutor esportivo Edson Leite, além de recordar os tempos da direção de Alexandre Kadunc na década inicial e de colegas como Humberto Marçal e Fabbio Perez. José Paulo de Andrade formou um quarteto famoso de locutores com Salomão Ésper, Lourival Pacheco e o narrador esportivo Fernando Solera. Já de 1987, têm as damas e os cavalheiros outra reliquiaça: um trecho inicial do "Primeira Hora" com Walker Blaz, o saudoso Antônio Carvalho e o atual rei da locução comercial Ferreira Martins.

Momento Raridade Rara: Otto Lara Resende

O jornalista e escritor nasceu há 95 anos completados nesta segunda-feira. Quando falecido em 1992, recebeu aqui uma homenagem do "Jornal da Globo", apresentado por Valéria Monteiro e Marcos Hummel com comentário de Paulo Francis, que reprisou um encontro que Otto teve com Nelson Rodrigues na própria Plim-Plim em 1977 - ou, conforme o texto lido pela Valéria, um "duelo de inteligências". Lara Resende trabalhou em Diário de Minas, Diário de Notícias, O Globo, Diário Carioca, Correio da Manhã, Última Hora, Revista Manchete e Jornal do Brasil, além da própria TV Globo, e foi ainda um imortal da Academia Brasileira de Letras.

Sintonia PB

Começa o tópico desta "24 Horas" que está antenado no que ocorre fora dos esportes. Às novidades:

*Ainda sem data confirmada para estreia, a Rádio Super Notícia FM 91,7 de Belo Horizonte teve divulgados diversos dos seus principais componentes em matéria publicada pelo jornal Super Notícia. A saber: Paulo Cezar (ex-Liberdade e Espacial FM), que fará um programa agropecuário; Milton Teodoro e Mário Brito (ambos ex-Itatiaia), que farão o programa de humor "Pascoal e Bola Murcha"; Paulo Roberto (ex-"Manhã da Globo"), que apresentará variedades pela manhã; Sandra Pedrosa (ex-BH FM e Rádio Globo) e Eduardo Aquino (psiquiatra), que farão um programa sobre comportamento humano; Ricardo Sapia (que estava na Bahia e estreará em breve um matinal na RedeTV! Minas), que comandará um programa policial no fim da tarde; Rodrigo Freitas (ex-CBN e BandNews) e Delma Lopes (ex-96 FM de Natal), cada um apresentará dois jornais; e Helenice Laguardia (ex-diretora de jornalismo da Inconfidência e colunista de O Tempo), que fará um noticiário noturno.

*Iniciada nesta segunda a programação de transição da Rádio Globo, com o musical "Se Liga Brasil" apresentado por Ana Paula Portuguesa das 6h às 9h, faixa que até sexta-feira passada tinha o "Show do Antônio Carlos". O detalhe é que, agora não mais vinculado com a AM 1220 do Rio de Janeiro, o comunicador foi escutado neste domingo na TV Globo. Foi no fim do "Tamanho Família", em homenagem feita aqui ao comediante Rodrigo Sant'Anna, cuja história de vida foi apresentada com uma locução do Antônio simulando o seu programa - já que o intérprete da Valéria "Bandida" disse que o escutava por causa da mãe, que sempre se ligava na atração para conferir as fofocas da Juju e o horóscopo da Zora Yonara. Agora, é confirmar o que será do "Show", pois Antônio Carlos prometeu retornar em breve. O burburinho dá conta de um regresso para a Tupi.

*Reina a grande expectativa: quais são as novidades prometidas pela TV Globo de São Paulo em seu jornalismo para este mês? Chamada vista aqui (obrigado ao comendador osasquense Alef de Lima) traz Rodrigo Bocardi, César Tralli e Carlos Tramontina destacando isso, mas sem especificação. Seriam novos repórteres? Um novo quadro que integre "Bom Dia SP" e os dois "SPTV"? Um adicional ao recém renovadíssimo GloboCop? Quem sabe até mesmo um novo noticiário em sabe-se lá qual horário? Enfim, ninguém sabe e nem faz ideia.

*Começa nesta terça para quarta "Conversa com Bial", o programa de entrevistas do Pedro que dizem que será menos "show" e mais "talk", em contraste com o estilo que consagrou o terminado no ano passado "Programa do Jô". O feriado cair nesta segunda levou a Globo a assim proceder, ficando para esta segunda para terça uma apresentação de 5 minutos da nova atração logo ao término do "Jornal da Globo". Atualização da terça: Cármen Lúcia, atual presidente do Supremo Tribunal Federal, será a primeira entrevistada do Bial.

*Uma diferenciação no "SBT Brasil" de sábado: previsão do tempo apresentada pela própria Rachel Sheherazade, como visto aqui. Não é incomum uma apresentadora de jornal também fazer o tempo na emissora, mas no caso dela isso foi novidade, sim. Li no UOL que isso será mais frequente pois ela gostou e pediu pra fazer mais.

*Você leu na coluna de sábado que o Corinthians foi chamado de "gambá" em "cabeça" (texto que antecede uma reportagem) lida pela apresentadora Gabriela Pincinato no "TVB Notícias" de quinta-feira passada - mas apenas no dia seguinte isso viralizou na internet. Pois nesta segunda-feira, ela voltou aqui ao assunto esclarecendo que foi isso que aconteceu, um erro em revisão de texto do editor, e não uma "opinião" ou uma "ofensa intencional" ao Timão, para o qual a afiliada da Record em Campinas pediu desculpas. Então, foi isso. Atualização da terça: li no UOL que, além de reforçar o dito no ar sobre ter sido um mero erro de editor e que leu este erro por estar ao vivo e ler as notícias do teleprompter, Gabriela disse que jamais usaria tal expressão para ofender o clube e a torcida do Corinthians e que quem lhe conhece sabe que não lida com irresponsabilidade com sua carreira e muito menos usa como artifício o desrespeito com quem quer que seja para criar polêmica, mas que mesmo assim recebeu ameaças de alvinegros paulistanos via internet, tantas a ponto de ter que apagar seus perfis nas redes sociais, mas que entende isso considerando-se que o Coringão é um dos maiores clubes brasileiros.

*Fora das novelas há 13 anos, Mayara Magri completa 55 anos nesta terça-feira. Ex-mulher do diretor Herval Rossano, trabalhou muito sobretudo nas décadas de 80 e 90 entre Bandeirantes, SBT, Globo e Record, na qual é revista atualmente como a condessa Tomásia em "A Escrava Isaura", sua última novela. Até sábado, ela também estava no Viva como a Babi em mais uma muitíssimo bem-sucedida reprise da global oitentista "A Gata Comeu". Depois disso, Mayara atuou apenas em um episódio de "Toma Lá, Dá Cá" em 2009.

*Três datas da terça: 65 anos de Christine Baranski, que brilhou como Maryanne de "Cybill" de 1995 a 1998 e mais ainda como Diane em "Pelo Direito de Recomeçar" (The Good Wife) de 2009 a 2016; 40 anos de Jenna von Oy, a Six que era a melhor amiga em "Blossom"; e 45 anos de Dwayne "The Rock" Johnson, grande lutador de wrestling e ator da série "Ballers" e de filmes como "O Escorpião Rei" e a franquia "Velozes e Furiosos".

E fique antenado! "Sintonia PB" continua de olho no que ocorre fora dos esportes e retorna na próxima coluna.

Clipe do Dia I

Violinista e multi-instrumentista, o músico pernambucano Antônio Nóbrega completa 65 anos nesta terça-feira. É um artista pouquíssimo visto na TV, mas cuja arte tipicamente nordestina é campeã de audiência nos teatros. Separei de 2013 uma participação dele no "Sr. Brasil", da TV Cultura, cantando "Carrossel do Destino".

Clipe do Dia II

Segunda-feira de estreia no Viva de "Tieta", novela clássica da Globo entre 1989 e 1990 (com reprise entre 1994 e 1995), que Aguinaldo Silva escreveu com base no livro de Jorge Amado e que teve Betty Faria no papel-título, além de Joana Fomm inesquecível como Perpétua. A exibição é às 15h30 e à 0h30, horários que até a última semana tinham a também oitentista "A Gata Comeu". A trilha sonora também foi um show à parte, com diversas canções de sucesso. Três delas: a primeira é a canção-título com Luiz Caldas; a segunda é "Meia-Lua Inteira", com Caetano Veloso; e a última é "Tudo o Que Se Quer", com Verônica Sabino e Emílio Santiago.

Bela do Dia: Mariana Vaz

Mariana Vaz, atriz, no ar em "Rock Story". Uma história com ela valeria a pena em qualquer gênero musical.

Clipe do Dia: morreu Belchior

Foi apenas com o anúncio de sua morte aos 70 anos, sabida na manhã de domingo, que se soube que ele estava morando em Santa Cruz do Sul, no Vale do Rio Pardo. Transportado foi seu corpo para o Ceará, onde enterrado será na sua Sobral. É uma perda enorme para a música brasileira sobretudo pelas letras que trouxe em suas músicas, sempre pensantes e reflexivas, algo que anda muito em falta nesses pretensos "sucessos" vazios da atualidade. Cantado pelas maiores vozes da MPB, Belchior já faz uma imensa falta.

Vamos a dez temas dele: de 1972, "Mucuripe" cantada ao vivo em 2002, exibição no "A Vida é um Show" da TVE; de 1974, "A Palo Seco" ao vivo em 2006 no "Altas Horas", da Globo, com Los Hermanos; de 1976, "Alucinação" (amar e mudar as coisas me interessa mais); de 1976, "Como Nossos Pais" na interpretação ao vivo de Elis Regina para o "Fantástico"; de 1976, "Apenas um Rapaz Latino-Americano" no clipe original para o mesmo "Show da Vida"; de 1977, "Paralelas" em show ao vivo em 1999 em Salvador; de 1977, "Galos, Noites e Quintais" com ele na plateia do "Sr. Brasil" da Cultura, em 2006, assistindo Chico Anysio homenageá-lo ao cantar este tema; de 1977, "Coração Selvagem", do disco que é considerado seu melhor; de 1977, "Todo Sujo de Batom" ao vivo em impreciso ano na TV Diário; e de 1979, "Medo de Avião", um grande sucesso comercial.

Antes do Arremate...

...um reforço sempre válido: este Papo de Bola - o Site precisa de patrocinadores para se manter no ar, por não ser apenas o custo da hospedagem o necessário para tanto e sim outros ainda maiores. Se você quiser anunciar nestes escritos, clique aqui e dê uma olhada nas maneiras de como fazê-lo que muito bem vindo serás e muito agradecido ficarei. Também continuo forçosamente adotando o "Ajude o PB", de colaborações avulsas.

Arremate

É preciso repensar certas coisas. Os anos passam, a idade pesa, o fôlego acaba e o desânimo se impõe.

"24 Horas" volta esperando que dias melhores venham sobretudo para vocês!

O COLUNISTA: Edu Cesar é criador e editor do Papo de Bola (autor também da coluna "Papo de Mídia").

TWITTER: @papodebola
FACEBOOK: SitePapoDeBola
INSTAGRAM: EduPapoDeBola
E-MAIL: papodebola@gmail.com


LEIA
COLUNAS ANTERIORES
VEJA
"BELAS DO DIA" ANTERIORES

.


 
Seja mais um seguidor do Papo de Bola e leia as manchetes do site e comentários diversos.

PAPO DE BOLA - O SITE Desde 2/6/2003 Jogue junto com este time!
Criação, produção e edição Edu Cesar E-mail papodebola@gmail.com

.